sexta-feira, setembro 15, 2006

Sabonetes no Convento

Dois padres estavam hospedados em um convento para participar de um grande evento religioso. Para não incomodar as irmãs que residiam no local, eles pouco saíam do quarto e tomavam banho bem tarde, para não encontrar com nenhuma freira. Certa vez, eles foram tomar banho no vestiário e perceberam que estavam sem sabonetes.
Então um deles disse:
- Eu tenho sabonetes no meu quarto. Vou buscá-los!
Pensando em ganhar tempo e nunca imaginando que alguém apareceria naquele horário, o padre foi buscar os sabonetes completamente nu.
Já no seu quarto, ele pegou dois sabonetes, um em cada mão e se dirigiu ao banheiro, onde o outro padre o esperava.
Na metade do corredor ele se deparou com três freiras que ficaram perplexas! Não tendo onde se esconder, o padre encostou na parede e se imobilizou, como uma estátua. As três irmãs se aproximaram da estátua, admirando a perfeição da obra até que uma delas levou a mão à genitália da mesma e puxou o órgão do padre, que, assustado, deixou escapar um sabonete!
A segunda freira exclamou:
- Nossa Senhora! É uma estátua distribuidora de sabonetes!
As irmãs ficaram maravilhadas e, apenas para comprovar que a estátua era mesmo um distribuidor de sabonetes, a outra irmã também puxou o órgão do padre, que imediatamente soltou mais um sabonete.
Então a terceira freira repetiu a operação e não viu nenhum sabonete. Tentou puxar mais uma vez, e nada! Mais uma, mais outra, tudo para ganhar um sabonete também, até que ela gritou, cheia de entusiasmo:
- Irmãs, a estátua também solta sabonete líquido!

Nenhum comentário: